Mapeamento de Retina

O mapeamento de retina é o exame que examina todo o fundo do olho (retina, mácula, coróide, disco óptico e vasos retinianos) e mapeia as alterações encontradas.

Doenças comumente avaliadas pelo exame:

Miopia

Degenerações retinianas

Descolamento de retina

Tumores

Oclusões vasculares

Hemorragias

Infecções

Diabetes

Hipertensão arterial

Pré operatório de catarata e outras cirurgias oculares

Como se preparar para o exame?

A pupila será dilatada para realização do exame, por isso é aconselhado levar um acompanhante.

Como é o exame?

Após a dilatação da pupila, o paciente é reclinado ou deitado e o médico oftalmologista usa o oftalmoscópio binocular indireto e uma lente especial para examinar o fundo do olho. Pode ser necessário utilizar a indentação escleral, ou seja, um pequeno dispositivo encaixado no dedo do médico é utilizado para pressionar levemente o olho expondo áreas da periferia da retina de mais difícil visualização.

O mapeamento de retina é o exame que examina todo o fundo do olho (retina, mácula, coróide, disco óptico e vasos retinianos) e mapeia as alterações encontradas.

 

Doenças comumente avaliadas pelo exame:

Miopia

Degenerações retinianas

Descolamento de retina

Tumores

Oclusões vasculares

Hemorragias

Infecções

Diabetes

Hipertensão arterial

Pré operatório de catarata e outras cirurgias oculares

 

Como se preparar para o exame?

A pupila será dilatada para realização do exame, por isso é aconselhado levar um acompanhante.

 

Como é o exame?

Após a dilatação da pupila, o paciente é reclinado ou deitado e o médico oftalmologista usa o oftalmoscópio binocular indireto e uma lente especial para examinar o fundo do olho. Pode ser necessário utilizar a indentação escleral, ou seja, um pequeno dispositivo encaixado no dedo do médico é utilizado para pressionar levemente o olho expondo áreas da periferia da retina de mais difícil visualização.