Auto-Refração Computadorizada

O exame de auto-refração faz parte do preparo do paciente para a consulta oftalmológica. Ele é utilizado para medir o grau de óculos de forma automatizada, orientando e tornando mais ágil a consulta.

Embora a tecnologia tenha evoluído muito nos últimos anos e o exame consiga resultados bastante exatos, a auto-refração não é um substituto para a medição realizada pelo oftalmologista dentro do consultório, pois está sujeita a algumas interferências.

Como é o exame?

O exame pode ser feito com as pupilas dilatadas ou não, a critério do médico. O paciente é posicionado no aparelho e fixa, com um olho de cada vez, em uma imagem projetada por ele. São realizadas duas ou três medidas e o resultado impresso para o médico responsável.

Efeitos indesejados

Se for necessário dilatar a pupila a visão pode ficar embaçada durante várias horas. É aconselhável levar um par de óculos escuros sempre que comparecer a uma consulta oftalmológica.

O exame de auto-refração faz parte do preparo do paciente para a consulta oftalmológica. Ele é utilizado para medir o grau de óculos de forma automatizada, orientando e tornando mais ágil a consulta.

Embora a tecnologia tenha evoluído muito nos últimos anos e o exame consiga resultados bastante exatos, a auto-refração não é um substituto para a medição realizada pelo oftalmologista dentro do consultório, pois está sujeita a algumas interferências.

 

Como é o exame?

O exame pode ser feito com as pupilas dilatadas ou não, a critério do médico. O paciente é posicionado no aparelho e fixa, com um olho de cada vez, em uma imagem projetada por ele. São realizadas duas ou três medidas e o resultado impresso para o médico responsável.

 

Efeitos indesejados

Se for necessário dilatar a pupila a visão pode ficar embaçada durante várias horas. É aconselhável levar um par de óculos escuros sempre que comparecer a uma consulta oftalmológica.